Adwords: Rede de pesquisa e display, qual a diferença?

Como já sabemos, o Google Adwords oferece uma série de possibilidades de publicidade na web.

Essa é uma oportunidade de alcançar potenciais clientes, que ainda não conhecem seu negócio, mas procuram pelo produto ou serviço que você oferece. E sabe o que é melhor? Não precisa ser uma empresa grande ou investir valores altos. A ferramenta é aberta para qualquer perfil de negócio. Campanhas em rede de Display ou Pesquisa são maneiras diferentes de anunciar no Google Adwords e cada uma delas tem um objetivo diferente.

Bem, vamos resumir elas:

Rede de Pesquisa

pesquisaCampanhas de texto/rede de pesquisa, tem um enfoque diferente, seu anúncio é exibido na página de busca do Google para usuários que estão buscando pelo produto ou serviço que sua empresa oferece. O  anúncio é exibido no padrão Adwords, em forma de texto de até 70 caracteres no conteúdo e até 25 no título, nas posições da busca ou na lateral.

Por exemplo, caso você seja uma agência de viagens e decida fazer uma campanha para “alavancar” as vendas de pacotes para as férias de julho, ao entrar na ferramenta do AdWords, defina as palavras-chaves, como viagens/julho/internacionais. Neste cenário, quem pesquisar por “viagens internacionais em julho” será impactado pelo seu anúncio.

Você consegue definir os termos que quer inserir em cada campanha dentro do planejador de palavras chaves do próprio Adwords. Nele é possível ter uma ideia da média de buscas realizadas, o custo por clique e palavras relacionadas, que podem fazer parte de sua estratégia. É bom saber também que o índice de qualidade e o valor do investimento podem influenciar na posição do seu anúncio.

Campanhas em rede de pesquisa são uma ótima forma de aumentar o índice de conversão, já que alcança as pessoas no momento da busca, já decididas a comprar.

Rede de Display

displayJá as campanhas em rede de display não aparecem nos buscadores, mas sim em sites parceiros e associados ao AdSense, rede de sites parceiros do Google que exibem banners de clientes Google. É possível disponibilizar banners em formato de textos, imagens, vídeos e até animações, de diversos tamanhos e em diferentes espaços nos sites escolhidos, que também envolve canais próprios, como o Gmail.

Quem define as regras é o cliente, que pode escolher o formato dos seus anúncios, em quais sites exibir e como pagar por eles, se por quantidade de vezes em que ele é exibido (CPM) ou se por quantidades de cliques (CPC) .

A grande sacada para anúncios em rede de display é ter qualidade no conteúdo, ser segmentado para um nicho de público e ter relevância e relação com o conteúdo da página que você escolher para anunciar. É importante lembrar que esses anúncios só aparecem em sites parceiros e não em redes de pesquisa.

Por exemplo, um e-commerce de viagem quer exibir anúncios para usuários que desejam por “pacotes para a Argentina”. Escolher sites que possuam conteúdos relevantes sobre roteiro de viagens, experiências, o país, entre outros. Quando o usuário acessar esses sites, será impactado por um banner com promoções de viagens para Argentina, estimulando assim, o processo de compra.

Fonte: Blog Admatic.



Obrigado pela visita!

Aproveite e compartilhe nas redes sociais.